Tag escolhida: viagem astral

Esquema da mente de um ser que pensa, segundo o autor. O pequeno círculo simboliza o subconsciente. Ilustração por Vuelaentumente (Trabalho próprio pelo carregador) [GFDL (http://www.gnu.org/copyleft/fdl.html) undefined CC BY-SA 4.0-3.0-2.5-2.0-1.0 (http://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0-3.0-2.5-2.0-1.0)], undefined

Explorando o cair no sono

A primeira providência que tomei, após compreender que havia diferentes níveis de consciência, e que podia explorar esse ambiente durante o cair no sono, foi comandar a mim mesmo que manteria a mente em alerta.

Representação mostrando, em relevo, o que seria o vácuo quântico. Ilustração por Luisfernandohill [CC BY-SA 3.0 (http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0)], via Wikimedia Commons

Extraindo eletricidade do “nada”

Enquanto a humanidade busca uma fonte de energia inesgotável, capaz garantir suprimento mesmo nas condições mais adversas, pensei em construir um dispositivo capaz de captar eletricidade… do “nada”.

Os podem estar relacionados a situações vivenciadas nas horas anteriores ao sono. Ilustração by Berit from Redhill/Surrey, UK (The house by the beach  Uploaded by russavia) [CC BY 2.0 (http://creativecommons.org/licenses/by/2.0)], via Wikimedia Commons

Como controlei os sonhos

Só notei que estava no rumo para fazer projeção astral quando compreendi que precisava controlar os sonhos. Descobri que havia vários níveis de consciência. Houve, então, uma reviravolta no meu desenvolvimento psíquico.

Tempera em painel medindo 44,7 x 37,3 cm, feita por São Ranieri e reproduzida em 1444 por Sefano di Giovanni, representa uma projeção astral. Imagem see filename or category [Public domain], via Wikimedia Commons

Viagem astral é inerente ao eu

Viagem astral, conhecida como desdobramento mediúnico, dissociação do corpo físico, ou viagens fora do corpo, é um fenômeno inerente ao nosso eu. Aprendi como me desdobrar e quero descrever, aqui, todo o processo.