Tag escolhida: consciência

Os extremos são inerentes à realidade e, às vezes, desembocam para o caos. Uma representação matemática, o Atrator de Lorenz, mostra o efeito borboleta: como qualquer coisa, aparentemente estável, desanda para o caos em larga escala. Imagem por By Computed in Fractint by Wikimol [Public domain], via Wikimedia Commons

Conformação extremada

A conformação extremada, um conceito refracionário, desconsidera a eliminação pura e simples dos extremos. Contudo, os extremos se aproximam, pois se assemelham em sua essência.

Quando a gente  vai cair no sono mergulha em um estado de torpor em que percebe imagens que se formam na mente, que podem ser associadas a vozes às vezes incompreensíveis. Imagem por Stephen Silver (Open Clip Art Library) [CC0], via Wikimedia Commons

Imagens e vozes mentais

Nos meus estudos o que acontece ao cair no sono, percebi imagens e vozes que não são captadas pelos sentidos físicos, no estado hipnogógico, seja ao dormir ou ao despertar. São percebidas durante uma espécie de transe, do qual posso sair facilmente.

Representação artística, em escala logarítmica, do Universo observável, partindo do Sistema Solar, ao centro, até as muralhas galácticas, nas bordas. Imagem: By Unmismoobjetivo (Own work) [CC BY-SA 3.0 (http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0)], via Wikimedia Commons

Universo mais devir se torna Cosmo

O Universo, em sentido restrito, era o conjunto dos objetos astronômicos somado ao espaço-tempo entre eles, tudo em evolução, ou movimento. O Cosmos, em sentido mais amplo, era tudo isso e mais alguma coisa.

Pessoas se relacionando: a convivência parece não ter sentido algum, mas ela torna as pessoas melhores. Imagem: b17eva247   Flickr - Photo Sharing

Para que existe o ser humano?

Para que, mesmo? T’aí, uma boa pergunta. No meu ponto de vista, não há resposta mais lógica do que esta: aprender, juntar conhecimento, sobretudo de relacionamento.