Origem de árabes e judeus

 

Divisão do mundo pós-diluviano entre os filhos de Noé, Sem, Cão e Jafé. "T and O map Guntherus Ziner 1472" por Isidore of Seville - →Este ficheiro foi extraído de outra imagem: File:Etimologías - Mapa del Mundo Conocido.jpg.. Licenciado sob Public domain, via Wikimedia Commons - http://commons.wikimedia.org/wiki/File:T_and_O_map_Guntherus_Ziner_1472.jpg#mediaviewer/File:T_and_O_map_Guntherus_Ziner_1472.jpg

Divisão do mundo pós-diluviano entre os filhos de Noé, Sem, Cão e Jafé. “T and O map Guntherus Ziner 1472” por Isidore of Seville – →Este ficheiro foi extraído de outra imagem: File:Etimologías – Mapa del Mundo Conocido.jpg.. Licenciado sob Public domain, via Wikimedia Commons – http://commons.wikimedia.org/wiki/File:T_and_O_map_Guntherus_Ziner_1472.jpg#mediaviewer/File:T_and_O_map_Guntherus_Ziner_1472.jpg

Vimos, no post anterior, que Sem ficou com a parte nobre, a região onde havia importantes centros científicos e aeroespaciais. De fato, na Mesopotâmia havia o espaçoporto pré-diluviano, enquanto Líbano havia a Montanha dos Cedros, onde ainda continuava a funcionar o Local da Aterrissagem.

Mas, não foi tudo. A Sem também coube o País de Salé, onde seria instado o Centro de Controle da Missão Pós-Diluviano. O Importante Monte Moriá, um estratégico centro de comando espacial onde seria erguida Jerusalém, também ficava na região da Terra que coube a Sem.

Mas, por que a Sem coube a parte nobre? Bem, os deuses é que controlavam tudo e não os homens. De fato, o filho mais importante do deus Enlil, Niturta, foi designado comandante do Éden, enquanto ao primogênito de Enki, Marduk, coube o Egito, onde seria chamado Ra.

Talvez por sorte, como aconteceu quando Enlil ficou com a Mesopotâmia durante a divisão da Terra entre os deuses, Sem foi o responsável humano pela mesma região. Acho que Sem tinha uma ligação muito próxima com Enlil e as deidades que descenderam dele, como Niturta.

Nessas alturas, abro um parêntese para dizer que Sem foi avô de Héber, que nasceu em 2.351 a.C., e do qual surgiria o termo hebreu. Sem foi, ainda, ancestral de Terah, um sacerdote e astrônomo famoso que ouvia, diretamente das deidades, as instruções que repassava ao povo.

E Terah era pai de Abraão, que nasceu em 2.123 a.C. e era, portanto, originário de uma família altamente nobre que mantinha relações muito próximas com os deuses. A conclusão é que Enlil foi o protetor dos ancestrais dos atuais judeus.

Então, algo muito grave aconteceu. Depois de uma guerra entre irmãos, filhos de Enki, pela supremacia do Egito,Set, um deles, vendo que ia perder, fugiu em 8.970 a.C. para o leste e ocupou, ilegalmente, a região estratégica que cabia a Enlil, onde ficavam importantes centros espaciais e de controle da missão.

Enki era protetor do humano Cam, filho de Noé, sendo chamado deus camita. O grande deus viu na fuga de Set uma oportunidade e orientou o filho fugitivo a seduzir o filho de Cam, Canaã, a ocupar, também, as terras já usurpadas por Set. Essa região viria a ser chamada Canaã.

Cerca de 300 anos depois, os enlilitas declararam guerra aos camitas, para expulsá-los. Os camitas foram derrotados e recuaram para a África.

Contudo, os descendentes de Cam ainda não são os povos que originaram os países árabes. Os árabes se originaram de Sem. Como? Bem, este foi mais um ato da eterna discórdia entre Enki e Enlil, e se manifestaria mais tarde, com Abraão.

Apesar de ter recebido pessoalmente de Enlil, antes mesmo de partir de Nippur para Canaã, a promessa de que teria um herdeiro, Abraão teve de desposar sua serva egípcia Agar, portando, enkita, para ter seu primogênito.

Desta união nasceu Ismael. Só que Enlil parece não ter gostado e ordenou o desterro de Agar e de Ismael, que se refugiaram no deserto de Bersabeia.

A situação começou a ficar difícil para Agar e a criança. Não li em lugar algum sobre a intermediação de Enki, mas posso supor que o rival de Enlil salvou os dois da morte iminente. Enki, teria aparecido, mandado mãe e filho para a Arábia e prometido fazer de Ismael o pai de 12 tribos de uma grande nação – os árabes.

Já o irmão de Ismael, Isaac, vivendo em Canaã sob proteção de Enlil, teve como filhos Esaú e Jacó, que seria rebatizado de Israel. Seus 12 filhos dariam origem aos judeus.

Posts anteriores:

Deus existe? O que é Deus?

Ódio de 445.000 anos

A origem da queixa eterna de Enki

Você está em:

Origem de árabes e judeus